Documentos

Análise das Certidões para Cidadania Italiana

Entenda porque a análise é a etapa mais importante de todo o processo de cidadania italiana

“Analisando as certidões da cidadania italiana é possível obter um parecer específico dos documentos, verificar a viabilidade do processo, o roteiro a ser traçado, a necessidade de retificação, estabelecer um cronograma e um orçamento.”

Como fazer a análise das certidões

A análise é bastante simples, no entanto exige tempo, conhecimento técnico sobre as leis e regras burocráticas, e pede atenção já que cada processo é diferente do outro.

A análise deve ser feita com a árvore genealógica completa, sendo assim todas as certidões das pessoas envolvidas já precisam estar reunidas, de preferência no formato Inteiro Teor.

Antes de analisar os documentos, é necessário já saber onde o processo será desenvolvidono Brasil ou na Itália, para adaptar a documentação conforme as exigências do local.

Exemplo

Os Consulados Italianos no Brasil exigem certidões de nascimento, casamento e óbito. Já alguns Comuni na Itália solicitam apenas certidões de nascimento e casamento.

 

Durante a análise, as leis de transmissão do sangue italiano, principalmente quando se têm mulheres envolvidas na árvore genealógica e filhos provenientes de união não matrimonial, precisam ser examinadas com conhecimento técnico, já que muitas informações ou falta delas inviabilizam o processo de cidadania italiana.

Caso seja utilizada a pasta da família, é importante ter conhecimento sobre quais certidões foram apresentadas e o conteúdo de cada uma.

O que analisar entre as certidões?

Verifique os nomes, sobrenomes, datas, locais, nacionalidades, números das matrículas das certidões, averbações, etc., incoerências que dependendo da interpretação podem prejudicar ou até mesmo impedir o deferimento do processo.

A análise influencia no tempo e custo do processo

O principal fator que determina o tempo da preparação das certidões é a retificação dos erros. Fazendo a análise você saberá se os documentos precisam ser retificados, já que o mecanismo é a comparação minuciosa dos dados entre certidões.

Sabendo o número de certidões exigidas, quantos participantes farão o processo, se há necessidade de retificação, onde o processo será desenvolvido, é possível calcular os custos do processo.

Exemplo

Os Consulados Italianos no Brasil exigem que apenas as certidões dos requerentes vivos sejam traduzidas para o italiano. Já os Comuni na Itália exigem que todas as certidões sejam traduzidas. Quanto menos traduções forem necessárias, mais barato ficará o processo.

Aconselhamos que esta etapa do processo seja feita por um profissional com experiência. A Ferrara Cidadania Italiana oferece o serviço de análise dos documentos.