Primeiros Passos

Cidadania Italiana pela pasta da família

Saiba como utilizar a documentação já apresentada ao Consulado Italiano e ao Comune na Itália

“A pasta da família não influenciará no tempo do processo da cidadania italiana. O que facilita é a reutilização das certidões, traduções e apostilas que já foram apresentadas ao Consulado Italiano ou ao Comune na Itália.”

Como utilizar a pasta de processo da família?

O primeiro passo é descobrir onde o familiar solicitou o reconhecimento da cidadania italiana, ou seja, no Brasil (em qual Consulado Italiano) ou na Itália (em qual Comune).

Também é interessante avaliar se realmente a documentação já apresentada à autoridade italiana será útil ao seu processo.

Exemplo

Apenas o ascendente italiano é o parente em comum. Será que vale a pena entrar na pasta de um familiar somente por causa de 03 ou 04 certidões? Você sabe como foi feito o processo deste familiar? Será que as regras e interpretações não mudaram desde que seu parente conseguiu a cidadania italiana?

Vale a pena utilizar a pasta apenas quando o familiar desenvolveu o processo recentemente sob as regras atuais adotadas pelos Consulados Italianos e Comuni.

A pasta da família não influenciará no tempo do processo e procedimento, ou seja, você deverá passar por absolutamente todas as etapas que seu familiar passou, inclusive aguardar entre 06 e 12 anos na fila da cidadania italiana para processos feitos no Brasil ou viajar à Itália para processos feitos diretamente lá.

Os benefícios em utilizar a pasta da família são: a economia financeira, já que não será necessário gastar novamente com emissão de certidão, tradução juramentada e apostila de Haia; e o tempo em pesquisar e reunir as certidões.

 

Pasta da família no Consulado Italiano de Curitiba

O Consulado Italiano de Curitiba permite a utilização da pasta da família. No entanto, é necessário ingressar na fila de espera da cidadania italiana e aguardar anos pela convocação.

 

Pasta da família no Consulado Italiano de São Paulo

O Consulado Italiano de São Paulo não autoriza a utilização de documentos da pasta da família, portanto é necessário apresentar toda a documentação desde o italiano até os requerentes.

 

Pasta da família na Itália

Caso o familiar tenha desenvolvido o processo na Itália, é necessário descobrir em qual cidade (Comune) o processo foi feito. Não existe uma central de processos para consultar.

Também é necessário ter uma autorização por escrito do familiar dono da pasta.

O tempo do processo na Itália não será mais rápido porque estão sendo reutilizados documentos de um processo já concluído. O procedimento é sempre o mesmo, o que muda é apenas o número de certidões que serão apresentadas ao Comune.

O requerente mesmo utilizando a pasta da família deverá viajar à Itália para registrar a residência e solicitar o reconhecimento da cidadania italiana.